Colaboradores assistem à palestra ministrada pela presidente da Congregação de Nossa Senhora
26 de março de 2018 Notícias, Pastoral, Portal, Portal Pastoral
i.d materia

Entre quarta (21) e quinta-feira (23), a Presidente da Congregação de Nossa Senhora, Irmã Araci Ludwig, visitou o Colégio Notre Dame Brasília. Na ocasião, além de dar atenção aos anseios da comunidade educativa e de revigorar seu ânimo, a representante da mantenedora da Rede Notre Dame encontrou-se com os colaboradores da instituição de ensino.

fotoDurante palestra, ministrada a eles como Formação Continuada, a religiosa enalteceu a mística da Congregação – que, há 95 anos, está presente em terras brasileiras – e retomou sua história, carisma e missão. Para isso, partiu do detalhamento do contexto econômico, político e social em que Santa Júlia Billiart lançou as sementes de uma congregação dedicada à educação e à evangelização.

“Em 1804, a França vivia sob o regime de governos absolutistas. enquanto a corrente filosófica do Iluminismo lutava a favor da liberdade de expressão e da democracia; o Jansenismo era uma religião rigorosa, que acreditava em um Deus castigador e distante”, descreveu. “Júlia, então, dedicou-se à democratização do ensino e incentivou catequeses mais humanas”, esclareceu, complementando que a futura santidade acreditava que a educação das crianças poderia restituir a fé, a dignidade do ser humano e os princípios do evangelho. “Por isso, o desafio da Pastoral Escolar é o de orientar a vida e a missão pelos autênticos valores cristãos, assim como desenvolver um processo educacional ético, evangélico e libertador”, transpôs para a atualidade.

Formação continuada 12

Prosseguindo para o ano de 1850,  Irmã Araci detalhou o contexto em que Hilligonde Wolbring e Elisabeth Kühling fundaram, na Alemanha e inspiradas pelo carisma de Júlia, a Congregação das Irmãs de Notre Dame de Coesfeld. “O país vivia o desejo da unificação, por estar dividido em 39 territórios; no plano econômico, tinha uma estrutura feudal, com um acento industrial maior na Prússia; a industrialização acabou com as estruturas tradicionais, como a família – as crianças, por exemplo, ficavam abandonadas, pois os pais estavam trabalhando nas fábricas”, explicou.

Foram, justamente, missionárias dessa Congregação que capitanearam a obra Notre Dame no Brasil, iniciada em 1923. “Desde então, dedica-se à educação e à instrução da juventude, bem como ao cuidado de pessoas idosas e carentes”, comentou, enfatizando que todos os colaboradores, ao se identificarem com sua missão, tornam-se responsáveis por dar continuidade ao carisma de Júlia, de fazer conhecer a bondade de Deus.

Acesse a galeria de fotos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>