Campanha desenvolvida no Colégio Notre Dame visa promover a educação no trânsito
15 de fevereiro de 2019 Notícias
Campanha ND Brasília

Realizada em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal, ação envolveu cerca de 300 estudantes

Criada em setembro de 2004, a Escola Vivencial de Trânsito, mais conhecida como Transitolândia, é um projeto do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) que busca ensinar às crianças matriculadas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, de escolas públicas e particulares, como ser um bom pedestre, colaborando com o trânsito sem colocar a sua vida em risco.

Desenvolvendo a campanha “Volta às Aulas 2019”, a iniciativa realizou, na quinta-feira (14), ações voltadas aos educandos do Colégio Notre Dame Brasília, matriculados da Educação Infantil até o 4º Ano do Ensino Fundamental. Em ambos os turnos, eles assistiram a um teatrinho de fantoches e personagens, que lhes ensinou as regras do trânsito.

Além disso, eles aprenderam a atravessar a faixa de pedestres, a respeitar o semáforo e a utilizar o cinto de segurança – atos cotidianos essenciais à segurança, como enfatiza a coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental I, Priscilla Pinheiro Ayres Machado. “São atitudes positivas e cuidados necessários para o dia a dia no trânsito, assimiladas por meio de temas transversais, como cidadania, educação e respeito”, afirma.

Campanha ND BrasíliaAo todo, cerca de 300 crianças participaram da ação educativa, que, também, distribuiu material informativo sobre o tema abordado, tanto para os educandos quanto aos pais, responsáveis ou condutores de vans e ônibus escolares que os levaram à escola.

A campanha, contudo, prosseguirá. “Ainda neste semestre, os estudantes serão levados à Transitolândia, para visitar a minicidade e colocar em prática os conhecimentos adquiridos”, relata Priscilla.

Objetivos da campanha
Por meio da vivência de situações encontradas no cotidiano, a iniciativa pretende que a comunidade escolar do Colégio Notre Dame Brasília possa reconhecer, interpretar e obedecer às sinalizações do trânsito; demonstrar um comportamento seguro para travessia da faixa de pedestres; reconhecer as regras de circulação como fatores de segurança e compreender a responsabilidade de cada cidadão, individual e coletivamente, no que tange à redução dos riscos de acidentes de trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>